Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Respeito



Quarta, 24 de fevereiro de 2016 17:34

As relações humanas são pautadas em diversos parâmetros de aceitação. São situações que embasam a convivência social. E (embora alguns infelizmente não o tenham) o respeito é primordial para que possamos evoluir como pessoas e como sociedade.

A palavra respeito tem origem no latim respectu, que significa reverência, veneração, acatamento, consideração, ou seja, um sentimento de estima que pode ser tido por uma pessoa, uma equipe, um grupo ou uma nação.

Já o verbo correspondente, respeitar, também tem origem no latim respectare, que significa “olhar muitas vezes para trás”, ou seja, desenvolver um sentimento de consideração às pessoas que são dignas de nossa consideração e acatamento, como as pessoas mais velhas, nossos pais, nossos avós, etc.

O respeito é considerado um valor tanto pessoal como coletivo.

Do ponto de vista pessoal, respeitar-se a si mesmo é ter consciência de seu próprio valor: é a maneira como você se cuida e se apresenta às outras pessoas, a forma como você quer que os outros o vejam, e como você quer ser tratado. Se você não se respeita e não for digno de si mesmo, dificilmente as pessoas irão lhe respeitar. Mas quando você se respeita e se dá o respeito, os outros também lhe respeitarão.

“O auto-respeito é a raiz da disciplina; a noção de dignidade cresce com a habilidade de dizer não a si mesmo.” – Abraham Lincoln.

Do ponto de vista coletivo, o respeito é entender que cada ser humano é único e que assim deve ser considerado, aceitando todas as diferenças, sejam elas de raça, religião, sexo, condição social, tipo de atividade, etc. Cada um de nós possui uma série de crenças, valores e princípios que são individuais e que cada uma de nossas próprias decisões são neles baseadas. Respeitar estas escolhas sem imediatismos, julgamentos ou preconceitos é uma das atitudes mais desejáveis para que possamos saber lidar com a natureza humana. E isto não implica em concordância absoluta com as diferentes escolhas pessoais, mas sim respeitar a diferença (mas sem deixar que isso nos prejudique).

“Se temos que mudar de opinião a respeito de alguém levamos-lhe muito a mal o incômodo que assim nos causa.” – Friedrich Nietzche.

Respeito também é um conceito amplo que vai além das definições encontradas nos dicionários. Por isso respeito é entender as pessoas na sua profundidade, ouvi-las com empatia, fazer perguntas e compreendê-las.

Permitir-se compreender as pessoas só enriquece o apreço por elas. Covey afirma que “a busca da compreensão dos outros exige consideração; a busca para sermos entendidos exige coragem; a eficácia está em equilibrar ou combinar as duas coisas”.

O ditado “dê-se o respeito para ser respeitado” pode parecer lição ou código de conduta moral. Mas o que se vê, muitas vezes, é um distanciamento entre o preconizar e o agir. Se você tem um comportamento respeitoso com você mesmo e com os outros, então não há nada a temer.

Como a prática do respeito envolve a compreensão plena das pessoas, isto conduz a uma ampla abertura mental para o aprendizado e o conhecimento que o outro pode oferecer. Quem pratica o respeito está sempre aberto para oferecer e receber o novo e parar de achar que sua maneira de pensar é a única que existe.

O respeito deve ser praticado a toda hora e em qualquer lugar, com os familiares, amigos, colegas de trabalho, desconhecidos, etc. E pode ser manifestado através de pequenas palavras como um elogio, um reconhecimento, um simples “bom dia” ou “obrigado” ou, ainda, por um simples e sincero olhar. Implica preocupar-se e cooperar com os outros, sem usá-lo como moeda de troca ou de favores. É algo que vem de dentro da pessoa, de sua alma, de seu âmago, por isso é um bem que não se compra.

 Respeito é conviver em harmonia com seu próximo; é saber controlar suas emoções, seus sentimentos, é ser assertivo e, quando solicitado, emitir suas opiniões ou dar conselhos. É ter consciência do seu próprio espaço e do espaço dos outros. Significa possuir fortes vínculos com as pessoas: em relacionamentos saudáveis somente energias positivas são priorizadas, o que contribui para uma melhor saúde física e mental.

Respeito gera sinergia entre as pessoas, o que significa valorizar as diferenças, investir em seus pontos fortes e compensar suas fraquezas. Em um ambiente respeitoso, as pessoas são mais reconhecidas, o que se traduz por um aumento do sentimento de felicidade. E quando se está feliz…

Volto a repetir; se você se respeita e respeita o seu próximo, certamente eles também o respeitarão.

Para isso, sugere-se que:

• seja pontual;

• não interrompa;

• não desperdice o tempo alheio;

• não leia e-mails nem atenda ligações enquanto a pessoa estiver falando com você;

• olhe as pessoas nos olhos;

• reconheça as pessoas ao vê-las;

• esteja pronto (a) na hora solicitada.

• Não viva por convenções sociais, seja autêntico, assim estará praticando o auto respeito.

“Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito.” – William Shakespeare.

Embora a tecnologia tenha diminuído o contato presencial entre as pessoas, isto não significa que o respeito deva ser minimizado. Podemos, sim, praticar o respeito ao responder um e-mail, participar de uma vídeo-conferência ou de um curso ministrado à distância. Talvez o uso da tecnologia esteja sendo uma potente ferramenta para aumentarmos nosso conceito de respeito ao próximo. ( trechos do texto do Dr. Luiz Roberto Fava).

Aquele que pratica o respeito sempre age de acordo com seus princípios e valores, dando exemplos e deixando um legado. Deixe o seu, e que ele seja bom.

Grande abraço, respeite (você mesmo e os outros) sempre, e até a próxima!


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  Olga Radoll
 
   Comunicado: Restrição na BR-280 com sentido a Canoinhas-SC
 
  Sejamos amigos uns dos outros na evangelização
 
  SANTO DO DIA:São Lucas
 
  Usuários do CAPS I de Mafra participam de cursos promovidos pelo SENAR
O objetivo principal foi a construção e manejo da produção da estufa, que posteriormente será utilizada para o cultivo de plantas medicinais
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
49848299 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA