Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 99660-9995       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Renuncie a si mesmo e faça a vontade do Senhor

Sexta, 05 de agosto de 2022

 

 

Jesus disse aos discípulos: “Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. Pois quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim vai encontrá-la” (Mateus 16,24-25).

 

Meus irmãos, a nossa vida com Deus, a nossa vida cristã não é uma vida fácil, mas também não é impossível de se viver. Nosso Senhor deixou claro para os discípulos, deixa claro para mim, deixa claro também para você: “Se alguém quer me seguir…” Jesus chama e a resposta é livre. Uma vez que eu e você respondemos livremente ao Senhor, Ele nos diz: “Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga”.

Precisamos, então, uma vez que respondemos ao chamado do Senhor, renunciar a nós mesmos. “Mas padre, tenho que deixar tudo? Tenho que deixar a minha família? Tenho que deixar os meus bens?”. É um passo que é possível ser dado, sem dúvida, mas nós precisamos também, meus irmãos, renunciar a outros apegos e a outras manias.

Tem gente que tem mania, não tem? Ou nós temos várias manias. Precisamos nos desapegar de certas manias, de certos apegos, e nos apegar unicamente a Deus, apegar-nos unicamente a Nosso Senhor. Renunciar a nós mesmos, renunciar a nossa vontade.

Siga o Senhor, renuncie a si mesmo, faça a vontade d’Ele

“Padre, mas eu sou casado!” Pois é! Dentro do casamento, você precisa renunciar. É ou não é verdade? Você precisa renunciar também dentro do casamento! Não dá para ganhar sempre – vamos dizer assim. É preciso também renunciar! “Renuncio para fazer minha esposa feliz”, a esposa renúncia para fazer o marido feliz. Quantas vezes os pais precisam renunciar a uma noite de sono para cuidar do filho, para cuidar da criança? É uma renúncia. E quando tudo isso é feito, tendo à luz o Evangelho, as coisas se tornam mais leves e mais agradáveis. Estou renunciando, mas por causa de um bem maior.

Quem entra para a vida consagrada também precisa renunciar. “Ah, mas isso é mais fácil para os padres, para os religiosos, para as religiosas…” Entre aspas, porque também quem entra para uma vida consagrada precisa viver uma renúncia, a renúncia das vontades. “Eu queria tanto ir para tal missão!” Mas você não vai, não! Você vai ficar neste lugar aqui.

A missão, o carisma, a ordem precisa de você aqui. É uma luta interior. Esta luta interior de renúncia a si mesmo que eu preciso viver, que você precisa viver. Tendo em vista o bem maior, tendo em vista fazer a vontade de Deus.

Olhemos para o Cristo. Ele tomou a Cruz, não foi? Ele é o exemplo para nós. Olhemos para o Cristo, tomemos a nossa cruz também e sigamos nosso Senhor. Morte para as nossas vontades, morte para os pecados que resistem ainda em nossa vida. Morte, renúncia, para que Cristo seja na nossa vida, que Cristo seja na sua vida. Siga o Senhor, renuncie a si mesmo, faça a vontade d’Ele para que Ele, cada vez mais, viva e transpareça, e você O revele através da sua vida.

Que, através da nossa vida, as pessoas conheçam e reconheçam o Senhor.

Abençoe-vos o Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!  

Padre Márcio Prado

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova.



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 99660-9995
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: paskibagmail.com



© Copyright 2022 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA