Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 99660-9995       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Projeto “O futuro está em nossas mãos” trabalha a preservação do meio ambiente com alunos do Pré I

Quinta, 23 de junho de 2022

 

• Projetos relacionados com a preservação do meio ambiente são práticas cotidianas na escola, mas com pinhões foi inédito

 

Acreditar que a  participação das crianças no consumo e também no cultivo das plantas pode ser o ponto de partida para uma relação amistosa entre esses futuros adultos e o meio ambiente, é o que norteia o projeto “O futuro está em nossas mãos”, do CEIM Vila Nova. Desenvolvido com crianças do Pré I (4 e 5 anos), o projeto trata de questões de sustentabilidade, meio ambiente e alimentação saudável inseridas no dia a dia da criança. A professora Silvete Zelinski Celusniacki, explicou que o tema começou a ser explorado com a colheita de goiabas e pinhões no parque, “mas trabalhar a preservação do meio ambiente é um tema do ano todo”.

A professora diz ainda que “as crianças que são ensinadas a olharem para os ciclos da natureza, que têm a oportunidade de plantar uma semente ou muda de árvore, se tornam apaixonadas pelo meio ambiente e crescem com um senso de cuidado e preservação muito maior do que aquelas que não são incentivadas nesse sentido”.

 

Respeito e responsabilidade

As crianças trabalham amplamente o tema ao ar livre, desenvolvendo atividades que favorecem o contato e a exploração da natureza, por meio de ações como semear, plantar, observar, cuidar das plantas e no incentivo à curiosidade, a autonomia e atitudes de preservação do meio ambiente. Também reutilizam materiais, organizando o ambiente evitando desperdício dos recursos naturais (água, energia elétrica, terra, tintas, massinhas, etc.). Segundo a professora, é uma oportunidade para os pequenos terem contato com a natureza, despertando a consciência ecológica.

 

Dinâmica da atividade

As crianças das turmas Pré I Matutino e Vespertino fazem observações semanais nas sementes de pinhão, observando as mudanças, seu crescimento, quanto tempo levará  para brotar e crescer. “Assim os alunos vão adquirindo responsabilidade com o cuidado da planta e no final do ano irão levar para casa”, pontuou a professora. Para ela, “é uma grande satisfação”, pois plantou uma muda de pinheiro com alguns alunos no passado e agora todos da escola podem comer os pinhões do parque, sendo ela responsável por isso. “Sinto orgulho em ver o interesse das crianças também em querer plantar, ver nascer, se desenvolver e levar para casa para encontrar um local adequado para o plantio, e quem sabe, realizar um trabalho como o nosso”.

Na escola, o ato de plantar sementes ou mudas de árvores é uma aula prática de cuidado com o meio ambiente e ajuda a criança a entender a importância da preservação. Vale destacar que as sementes foram os alunos que ajudaram a juntar do pátio da escola.

 

História do meio ambiente na escola

A professora conta aqui a história da escola e seu envolvimento com a natureza:

 

“Sempre trabalhamos o meio ambiente e preservação das espécies. Há alguns anos plantava semente de pinhão com os alunos, foi quando também plantamos uma muda  no pátio da escola, em 1998, onde hoje fica o parque. Carregou a primeira vez em 2018. Já é o quinto ano que produz e como este ano foi em maior quantidade, todos os alunos da escola degustaram o pinhão. No parque, além do pinheiro e goiabeiras, temos também pés de pitanga, limão e outras árvores. Temos relatos de mães que o filho aprendeu a comer goiaba na escola.

O futuro está em nossas mãos! Pensando assim é necessário despertar nas crianças a conscientização pela natureza, criar na criança o senso de preservação do meio ambiente com diferentes atividades como modelagem, desenhos, pinturas, recortes, músicas, brincadeiras, jogos e ginástica historiada. "A Sementinha", por exemplo, foi uma dramatização por meio da qual os alunos puderam vivenciar o processo de germinação, sendo apresentada na Sessão Cívica e no Dia da Família na escola, priorizando a participação ativa das crianças em todo o processo, com as atividades incentivando a preservação do meio ambiente, bem como a aquisição de novos hábitos alimentares”.

 

Mensagem final

Silvete destaca que este é o momento propício para repassar conhecimentos aos pequenos. “Todos sabemos que a Educação Infantil é o momento mais oportuno que temos para conseguir formar um cidadão que consiga captar essas mensagens e fazer delas sua rotina de vida, compreendendo que a vida depende da existência das plantas e que para uma planta crescer e se desenvolver precisa de cuidados básicos, como luz e calor do sol, água e solo”, concluiu a professora.



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 99660-9995
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: paskibagmail.com



© Copyright 2022 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA