Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 99660-9995       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Deus quer que você tenha uma vida plena e realizada

Domingo, 16 de janeiro de 2022

 

“(…) A Mãe de Jesus estava presente. (…) Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: ‘Eles não têm mais vinho’. (…) Sua mãe disse aos que estavam servindo: ‘Fazei o que Ele vos disser’” (João 2, 1 – 5)

 

As bodas são os símbolos da aliança de Deus com os homens; a união de Deus com cada um de nós; a reciprocidade, a alegria, a confiança, a companhia, a ternura. Deus dá uma festa.

Normalmente, concebemos o Deus das ordens, das punições e, muitas vezes, nós precisamos purificar dentro de nós essa imagem equivocada sobre Deus. O espírito do filho mais velho da parábola, muitas vezes, ronda o nosso coração, aquele espírito que não tolera gente feliz, gente que faz festa com pouca coisa, com algo simples. Mas Deus vai sempre à procura dos filhos, para fazer com que todos participem da sua alegria. Deus quer que o homem viva uma vida plena; Ele quer que você viva uma vida feliz e realizada.

Diz a Palavra que a Mãe de Jesus estava presente. Jesus a chama de “Mulher”. Maria é o símbolo do povo que dá a vida, Ela é mãe, mas também é mulher; Ela é o símbolo do povo de Deus que recebe o esposo, que precisa da companhia do esposo, Aquela que ama e é amada. E nós também somos amados e precisamos amar. A Palavra ainda diz que faltou vinho, um componente para fazer com que homem realmente seja humano, o elemento da alegria, da felicidade.  

Quando nos ocupamos apenas das coisas materiais, acabamos nos esquecendo de Deus e a vida perde o sentido

Naquelas terras de Jesus, bastariam pão e óleo para que alguém sobrevivesse e se alimentasse; mas o homem não vive somente de pão, ele precisa de Deus, precisa desse elemento a mais. Nós não vivemos só para comer, dormir e ter coisas, nós vivemos uma vida plena da alegria que só Deus pode dar. Quando nos ocupamos apenas das coisas materiais, acabamos nos esquecendo de Deus.

É doloroso ver o ser humano passando fome, é muito doloroso, e isso deve nos incomodar profundamente, isso deve nos motivar à caridade, mas também é muito doloroso quando vemos um homem sofrendo a fome de Deus, quando não encontra o sentido da vida, quando ele não consegue ser feliz porque falta Deus, e isso também deve incomodar profundamente o nosso coração.

Quem se dá conta da falta de vinho é Maria, Ela que é símbolo da humanidade, aberta para Deus, em sintonia com Ele. Nas bodas e aos pés da Cruz, Maria nos ensina a dependermos totalmente de Deus, a colocá-Lo em primeiro lugar na nossa vida e a estar ao lado d’Ele sempre e em todas as circunstâncias. Porque Maria entende que entre Deus e o homem existe uma aliança, existe um pacto de amor, Ela pode dizer: “Façam o que Ele vos disser” .

Quando alguém observa o mandamento sem enxergar o amor uma hora ou outra essa pessoa cai no pecado. Quem guarda os mandamentos na ótica do amor, ainda que caia, volta aos braços do Pai. Essa aliança que Maria aponta para nós, nos faz também a repensarmos hoje se estamos fazendo o que Deus nos pede, se estamos cumprindo a nossa parte da aliança; se estamos sendo fiéis ao amor que Deus nos deu.

O desfecho do episódio é a alegria do noivo, da noiva e dos convidados, porque onde há Deus, há alegria.

Sobre todos vós, a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Donizete Ferreira

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova.



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 99660-9995
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: paskibagmail.com



© Copyright 2022 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA