Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 99660-9995       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Operação em postos de combustíveis

Segunda, 14 de junho de 2021

O Procon de São Bento do Sul, em parceria com a Polícia Civil, Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) e Agência Nacional do Petróleo (ANP) realizaram uma operação de fiscalização nos postos de combustíveis do município, nesta quinta e sexta-feira (10 e 11).

Vários postos foram inspecionados pelas equipes, onde foram constatadas irregularidades em três bombas, as quais foram interditadas por oferecer combustível de forma irregular ao consumidor aferido pelo INMETRO, além de duas notificações de publicidade irregular e de forma errônea.

Para o diretor do Procon de São Bento do Sul, Állison Ricardo do Prado, essa ação teve como intuito apurar as denúncias que chegaram ao órgão. “Recebemos através do nosso atendimento várias denúncias por parte da população. Por isso organizamos essa operação em parceria, para que pudéssemos constatar alguma irregularidade”, explicou.

A fiscalização contra irregularidades em postos de combustíveis teve a presença do delegado Regional da Polícia Civil, Odair Rogério Sobreira Xavier, que destacou que em caso de ser encontrada alguma situação criminosa como crime ambiental ou outra ocasião, a Polícia Civil fará a autuação e também abrir investigação.

Participaram da ação os fiscais da ANP - Agência Nacional do Petróleo, Dario Lins e Dirceu Santos, os fiscais do INMETRO, Marcelo Duran e Marcos Daronco, e também a fiscal do Procon, Tarcila Campos, além de equipes da Polícia Civil de São Bento do Sul.

 

Dados repassados pelo INMETRO e ANP

Foram visitados 10 postos, onde foram fiscalizados 69 bicos, sendo constatadas 3 irregularidades: 1 bico interditado por erro de medição de volume, sendo 1,5 litros em desfavor ao detentor do instrumento; 1 bico reprovado por não desligar automaticamente no tempo de 60 segundos e 1 bico reprovado por vazamento interno na bomba.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo – ANP, não foram constatadas irregularidades no ato da ação, mas amostras foram coletadas e enviadas para os laboratórios da agência e serão analisadas novamente.

 

 



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 99660-9995
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: paskibagmail.com



© Copyright 2022 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA