Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Pró-Rim em São Bento do Sul comemora 20 anos

Terça, 06 de abril de 2021


Pró-Rim em São Bento do Sul comemora 20 anos

Unidade de hemodiálise atende mais de 30 pacientes locais e das cidades vizinhas Rio Negrinho e Campo Alegre. Além do atendimento na clínica, equipe realiza a diálise aguda em hospital da região.

 

A unidade da Fundação Pró-Rim localizada no município de São Bento do Sul, no planalto norte de Santa Catarina, está completando 20 anos nesta quarta-feira (07/04). Atualmente, a clínica atende 35 pacientes renais crônicos em tratamento de hemodiálise, sendo moradores locais e das cidades vizinhas Rio Negrinho e Campo Alegre.

 

A primeira sessão de hemodiálise na unidade de São Bento do Sul ocorreu em 07 de abril de 2001, mudando a vida de muitos pacientes da região. Antes disso, eles precisavam se deslocar até Joinville (SC) para se submeter ao tratamento. O trajeto incluía descer e subir a perigosa Serra Dona Francisca.

 

A clínica conta com uma equipe multidisciplinar de 14 profissionais, entre médico nefrologista, enfermeiras, técnicos de enfermagem, assistente social, psicóloga, auxiliares administrativos e de serviços gerais. Além do tratamento dialítico, a equipe também realiza ações de prevenção com palestras em empresas, escolas e grupos da comunidade. Por conta da pandemia, as atividades junto ao público tiveram que ser adiadas.

 

Destaques da história

 

O médico nefrologista Dr. Marcos André Alcântara Viana, que junto da enfermeira nefrologista Margarete Terezinha Thol e da técnica de enfermagem Letícia Ferreira de Lima Viliczinski atuam na unidade desde a sua abertura, comenta um dos grandes marcos destes 20 anos: “Algo que considero especial nestes anos de atividade, quando fomos convidados a executar a diálise na UTI do Hospital e Maternidade Sagrada Família de São Bento do Sul, no ano de 2012. Foi um grande reconhecimento do nosso trabalho, dedicação e do compromisso com a nossa missão de ‘salvar vidas”.

 

A pandemia da Covid-19 também vai ficar marcada na trajetória da equipe. “Com os casos de Covid aumentando e a necessidade de hemodiálise nos pacientes mais graves, vimos o atendimento da diálise aguda mais que dobrar neste último ano”, comenta o médico. Apesar deste cenário, os processos e ações de prevenção adotados na unidade garantiram a segurança de pacientes e profissionais, desde o início da pandemia apenas um paciente foi confirmado com a doença. Lembrando que, o paciente renal crônico é considerado grupo de risco no contágio e agravamento da Covid.

 

Os processos com foco na segurança e na qualidade do tratamento sempre foram prioridades na Pró-Rim, e não poderia ser diferente na unidade de São Bento do Sul. “As certificações de qualidade que recebemos, inicialmente pela Organização Nacional de Acreditação – ONA e mais recente com a recertificação internacional Qmentum, demonstram o comprometimento dos nossos profissionais na busca por um tratamento humanizado e seguro para os pacientes renais crônicos”, completa Dr. Marcos Vianna.

 

Paciente acompanha história da unidade

 

A paciente mais antiga da unidade é a dona Eva Lozeiko Wischral, que completou 33 anos de tratamento de hemodiálise, em 2020. Ela, assim como muitos outros pacientes de São Bento, tinha que vir até Joinville para realizar o tratamento, até o momento em que a Pró-Rim abriu a unidade local. “A partir daí, a minha vida melhorou muito. Reduziu o desgaste físico em razão de não precisar mais do transporte para fazer a hemodiálise. Até o tratamento se tornou prazeroso, com a alegria e humanização que recebo da equipe dedicada da Pró-Rim”, relembra a paciente.

 

De batalha em batalha, hoje a paciente encara a hemodiálise por um ângulo diferente, como se fosse um compromisso de trabalho, que ela executa com muita disciplina e alegria para se manter viva. “Todas as segundas, quartas e sextas me vejo trabalhando para salvar a minha vida. Esse modo de pensar deixa tudo mais leve e me deixa sempre motivada. Por isso, mantenho rigorosa disciplina com relação aos horários da hemodiálise, à alimentação, ingestão de água e sempre com bom humor”, descreve Eva.

 

Ajuda da comunidade

 

Para manter o tratamento dos pacientes renais crônicos de forma segura e com qualidade, a Fundação Pró-Rim, instituição filantrópica, depende da contribuição da comunidade. Além da unidade em São Bento do Sul, os pacientes são atendidos nas unidades de Joinville e Balneário Camboriú (SC), e no estado do Tocantins em Palmas e Gurupi. São mais de 800 pacientes realizando a hemodiálise nestas unidades. As doações podem ser feitas pelo 0800 474546 ou no site doe.prorim.org.br.



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2021 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA