Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

O Reino de Deus acontece quando cuidamos dos necessitados

Domingo, 22 de novembro de 2020

 

“Então, o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo!’” (Mateus 25,34).

 

Celebramos, hoje, a Solenidade de Cristo Rei do Universo e queremos reconhecer o senhorio de Jesus, queremos proclamá-Lo como Rei e Senhor da nossa vida. Queremos também olhar para todas as realidades presentes e futuras. No presente, queremos reconhecer Jesus, o Senhor da nossa casa, da nossa família e da nossa história.

Queremos também reconhecer que o fim de todas as coisas é o reinado universal do Senhor Jesus, onde todos se voltarão para Ele; e Jesus, como o bom Rei, separará os que pertencem e os que não pertencem ao Seu Reino.

É óbvio que aqueles que deixarem Jesus reinar na sua vida durante a vida, reinarão com o Senhor, e aqueles que não assumiram ou não permitiram o senhorio de Jesus acontecer na sua vida, não participarão do Reino eterno do Senhor Jesus.

O Reino do Senhor — onde Ele mesmo vai chamar para estar à Sua direita os benditos do Pai, para receber a herança que está preparada desde à criação do mundo —  será daqueles que foram a misericórdia de Deus para com o Seu próximo.

O Reino de Deus acontece quando o pobre é cuidado, quando a fome é saciada, quando o necessitado é acolhido

O Reino de Deus é daqueles que exercem a misericórdia, a caridade e o amor para com o seu próximo. O Reino de Deus não é feito só de orações, a oração é fundamental e essencial, mas a oração que não se reveste de obras de misericórdia, não faz parte do Reino de Jesus.

As obras de misericórdia são estas: cuidar dos mais necessitados. Jesus está naquele que está com fome, com sede, naquele que está nu, que está na prisão, naquele que está renegado em nossas ruas, naquele que está doente e enfermo.

Muitas vezes, nós que somos igreja, não reconhecemos Jesus nessas pessoas, não temos tempo, desprezamos, não cuidamos, não devotamos amor; até nutrimos muitas vezes ódio, nojo, rejeição e desprezo. Estamos desprezando Jesus que está neles.

Não podemos deixar ninguém ao nosso lado passar fome e necessidades. Não se constrói o Reino de Deus apenas para alguns privilegiados, porque alguns querem justificar a sua bonança: “Porque tem muito”; “Porque Deus me deu”. Se foi Deus que te deu, Ele te deu para repartir, para compartilhar, para que você possa cuidar daqueles que não têm. Como nos diz São João Crisóstomo: ‘Tudo que temos em nossa casa pertence aos pobres’.

Infelizmente, está se formando uma mentalidade cristã totalmente deturpada, onde as pessoas querem acumular, ter e acreditar que a bênção de Deus está no possuir quando, na verdade, a bênção de Deus está no dividir, está no saber partilhar e compartilhar o pão que temos em nossa casa, a começar por nossas crianças que precisam saber repartir os presentes que ganham a nós adultos que precisamos vencer o nosso egoísmo para encontrarmos o Senhor Jesus no meio dos mais pobres e sofridos.

O Reino de Deus não começa nos nossos banquetes, o Reino de Deus acontece quando o pobre é cuidado, quando a fome é saciada, quando o necessitado é acolhido, quando o doente é cuidado.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA