Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3633-1230       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Projeto incentiva a leitura

Quinta, 16 de maio de 2019

  

 

Uma vez por mês, alunos do Pré ao 4º ano da Escola Básica Municipal Emílio Engel saem da unidade escolar, localizada no Rio Vermelho Estação, para ir à Biblioteca Pública Municipal Luiz de Vasconcellos, no Centro, para trocar livros. A ação faz parte do projeto Leitura da Escola e, na quarta-feira (15), foi a vez dos alunos do Pré I e II participarem da atividade.

Tudo começa quando um ônibus busca os alunos na escola. O trajeto até a biblioteca já é uma novidade para muitos dos estudantes. Chegando ao ponto de ônibus em frente ao Centro Administrativo Leopoldo Zschoerper, onde fica localizada a biblioteca, os pequenos são auxiliados pelas professoras Rosane Bella Rank e Crichima Paes de Lima Silva, e pela especialista Karen Regina Batista Czieczek.

Já na biblioteca, eles são levados para um espaço especialmente preparado para as crianças. E é ali que a alegria e a imaginação dos alunos vêm à tona. Um a um, eles devolvem os exemplares escolhidos no último mês e caminham em meio às prateleiras para selecionar novos livros. Escolhidos os exemplares, eles guardam na sacola confeccionada pela biblioteca e assinam o registro de empréstimo.

Como estes alunos ainda estão em fase de alfabetização, o projeto conta com parceiros importantes: os pais e os irmãos. São eles que leem em casa a história para os pequenos. “Quem leu a história pra mim foi meu pai, minha mãe e meu irmão. O livro falava de uma casinha bem longe da cidade, com vários animais, e eu gosto muito quando eles leem pra mim”, disse Gabriel Felipe Ulrich Leal, mostrando os dois exemplares que escolheu para a nova leitura.

A pequena Helena Pelizzari contou que a mãe foi quem leu a última história. “Era um gatinho e um ratinho que brincavam juntos. Foi bem legal”, comentou. Emanuelle Schneider e Guilherme Huttl também falaram que os pais ajudaram na leitura dos livros. “Escolhi dois livros agora. Do dinossauro e do tigre”, disse Guilherme.

Na quarta-feira, além da troca de livros, os pequenos puderam dividir com os colegas a última história escolhida.

Atividades – A ida até a biblioteca é uma das atividades realizadas dentro do projeto Leitura da Escola, que ocorre com alunos do Pré ao 9º ano. Nele, são realizadas contação de história, mini roda de leitura e atividades literárias. “Quando eu entrei na unidade eu percebi que atividades literárias já eram realizadas com os estudantes maiores. Então, foi vista a necessidade de trabalhar com os alunos do Pré. Iniciamos levando eles até a biblioteca da escola. No ano passado, em uma dessas atividades literárias com os pequenos, trabalhamos a ideia de como se faz um livro. Foi um trabalho realizado na escola e em casa, onde eles confeccionaram um livro”, contou a professora Crichima Paes de Lima Silva.

Como a atividade deu certo, foi então que as professoras tiveram a ideia de levar os alunos para conhecer a Sociedade Literária. “Nem eu, que moro em São Bento há anos, conhecia a Sociedade Literária e ficamos encantados com o que vimos. Foi aí que nos questionamos: se nós não conhecíamos a Sociedade Literária, muitos pais também não conhecem nem a biblioteca pública. Então, neste ano, surgiu a ideia de ampliar o projeto com as visitas dos alunos na biblioteca”, disse.

A ação deu tão certo que os alunos levam os livros para casa e os pais contam a história e ficam sabendo que a biblioteca está à disposição de todos. “Já temos pais que foram trazidos por seus filhos aqui para escolher outros livros, antes do prazo. Isso é uma corrente. O apoio dos pais foi fundamental para esta atividade e está sendo muito gratificante”, concluiu a professora.

Incentivo à leitura - Para a bibliotecária Andréa Blaskovski, incentivar a leitura desde cedo é extremamente importante. “Nós ficamos muito felizes quando a escola entrou em contato conosco para trazer os alunos aqui. Foram 92 novos leitores. Percebemos que eles veem à biblioteca e que gostam. Esperamos que mais e mais crianças nos visitem”, comentou.

Carteirinha - A Biblioteca Pública Municipal Luiz de Vasconcellos conta com 39.482 livros à disposição da comunidade. Para fazer a carteirinha da biblioteca é necessário comparecer ao local, seja na biblioteca do Centro ou nas sucursais, com a carteira de identidade (se não possuir pode substituir por certidão de nascimento) e comprovante de residência. Com a carteirinha o sócio pode emprestar até dois livros em cada visita. A taxa de anuidade é de R$ 8.

A Biblioteca Pública Municipal Luiz de Vasconcellos fica localizada no Centro Administrativo Leopoldo Zschoerper. A sucursal do bairro Oxford está de portas abertas na rua Walter Linzmeyer, nº 116. E a sucursal do bairro Serra Alta fica na sala de Leitura Rafael João Celeski, na rua Otto Eduardo Lepper, s/n, Praça do CEU.

 

Viviane de Vargas Miranda



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3633-1230
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA