Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Fabiano da Luz propõe criação de polo de treinamento da Celesc em Lages

Terça, 06 de abril de 2021

Após dialogar com representantes da Intercel (Intersindical dos Eletricitários de Santa Catarina), o deputado Fabiano da Luz (PT) formalizou requerimento ao Governo do Estado de Santa Catarina e à Celesc para a criação de um polo de treinamento da Companhia em Lages – atendendo estrategicamente municípios da região Oeste, como Videira, Joaçaba, Concórdia, Chapecó. Atualmente, a capacitação está limitada a 64 pessoas e o único local de treinamento dos funcionários da Celesc fica na Administração Central em Florianópolis. 

A Indicação 560.4/2021, de autoria do parlamentar já aprovada em Plenário, busca aumentar a capacidade de treinamento dos novos profissionais convocados por concurso público e consequentemente resolver o problema de defasagem no número de funcionários da empresa, além de melhorar a prestação do serviço à população catarinense, que sofre com constantes quedas de luz que, na maioria da vezes, duram por horas em diversos locais do Estado.

“A criação de um polo de treinamento em Lages é um investimento que permitirá não somente condições melhores de trabalho e capacitação adequada de pessoal de toda a empresa, mas como também dar um retorno rápido aos casos de emergências para as pessoas que moram em áreas rurais e mais afastadas dos centros urbanos”, afirmou o deputado Fabiano, coordenador da Bancada do Oeste.  

O coordenador da Intercel, Paulo Guilherme Horn, alerta que, a partir de julho, a Companhia vai reduzir o número de trabalhadores em razão do Plano de Demissão Voluntária em vigor. A Celesc tem, hoje, 3.404 empregados em todo Estado. Destes, 1.070 são eletricistas que precisaram fazer o treino preparatório antes de iniciar as atividades na Companhia.

Segundo o coordenador da Intercel, a situação se agravou durante a pandemia. “A estrutura é insuficiente e foi agravada pela pandemia. Os seis sindicatos, que formam o coletivo da Intercel no Estado representando os empregados da Celesc, enviaram correspondência, em fevereiro, para a diretoria da Celesc solicitando medidas para aumentar a capacidade de treinamento, mantendo a segurança sanitária. A  única forma que acreditamos é a criação de um novo polo e sugerimos em Lages, porque lá tem cenário mais agravado pela manifestação dos trabalhadores, além de ser estratégico beneficiando toda a região Oeste”, declarou Horn.

 


Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2021 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA