Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Nunca busquemos reconhecimentos por nossas ações

Terça, 10 de novembro de 2020

 

“Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer’” (Lucas 17,10).

 

As pessoas querem receber reconhecimento por tudo, é a sociedade do reconhecimento. Querem ser reconhecidas pelas fotos que colocaram nas redes sociais, pelos trabalhos que prestaram; querem até receberem placas, homenagens, curtidas e serem aplaudidas, mas essa é uma mentalidade mundana.

É claro, uma coisa é ter gratidão, reconhecer, de forma espontânea, o valor que outra pessoa tem. Agora, outra coisa é viver em função de ser cultuada; que as pessoas se lembrem, que elas te engrandeçam, essa mentalidade não é evangélica, ela é mundana. Inclusive, o trabalho que prestamos não é trabalho, na verdade, é responsabilidade para com o mundo, para com a Igreja e a sociedade.

Se você viu um bueiro aberto e foi lá e tapou esse bueiro, não fique esperando que alguém vá colocar uma placa para reconhecer que você foi o herói quem o tapou. Você não fez mais do que a obrigação de preservar a vida do outro. Se você faz um bem a alguém, não espere a pessoa agradecer; pois é mentalidade do engrandecimento do agradecimento. Temos que ser gratos, não tenha dúvidas nenhuma! Sempre agradecidos pelo bem que fizeram, mas o problema é a exaltação.

As pessoas querem receber reconhecimento por tudo, é a sociedade do reconhecimento

Não nos exaltemos, não busquemos ser exaltados, porque quem se exalta nós já sabemos que será humilhado. No Reino de Deus trabalhemos sem esperar nada em troca porque já recebemos o Senhor da vida e d’Ele recebemos a vida. Temos que ser como os operários que fizeram o que deviam fazer: “Somos apenas servos inúteis”.

Isso é importante porque não vamos ficar esperando dos outros que venham nos elogiar e nos exaltar. Tudo o que faço é para Deus, deposito aos pés do Senhor, e é a Ele a quem estou servindo, me dedicando e entregando a minha vida.

Mulher, quando você faz suas tarefas de mãe em casa, não fique frustrada se o filho não reconhece. É muito ruim o filho ingrato, mas a mãe não é mãe para ser homenageada porque é mãe. O marido não pode ficar esperando ser exaltado pela esposa porque fez sua obrigação e dever de ser marido.

Muitas vezes, as pessoas não estão fazendo o óbvio, o necessário, o fundamental, e quando o fazem, alguém tem que realmente aplaudir, porque a carência de fazer o que é óbvio está tão grande no mundo que o jeito é engradecer quem o faz, mas, na verdade, temos que ser cada vez mais responsáveis para fazer aquilo que devemos fazer.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2021 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA