Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Usemos a sabedoria para encontrarmos a direção de Deus


 

“Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?” (Lucas 12,56-57).

 

Basta olhar como está o tempo em que estamos. Se o tempo está seco, já tenho certeza que não vai chover, que não conseguimos fazer muita coisa porque a secura está aí; basta aparecer nuvens mais carregadas e já sei distinguir que logo ali vai chover. Enfim, nós usamos nossa sabedoria para distinguir os sinais dos tempos na atmosfera, o tempo climático, mas não usamos a nossa sabedoria para distinguir os tempos em que vivemos, para separar uma coisa da outra, para usarmos do discernimento espiritual para escutarmos a voz de Deus, a mensagem de Deus, a direção e a luz de Deus para a nossa vida.

Não conseguimos entender que quando está saindo fumaça é porque tem fogo ali, muitas vezes, não conseguimos entender a nossa própria vida. Quando não estamos bem, quando algo está errado, nós, muitas vezes, interpretamos as coisas de forma errada, achamos que quando não estamos bem a culpa é do outro, a culpa é de Deus. Nunca paramos para voltarmos para dentro de nós, nos autoanalisar, fazermos uma autocrítica, para percebermos onde erramos, onde falhamos, onde nos excedemos, onde colocamos de mais e onde colocamos de menos.  

Que não falte sabedoria nos tempos em que vivemos, para buscarmos de Deus a direção para o nosso viver

Há uma tendência frenética de guerras, de combates, de acusações na sociedade e no mundo em que estamos. Quando paramos para analisar o mundo, paramos justamente para buscar culpados e, geralmente, os culpados são outros.

As pessoas estão insatisfeitas com os políticos, mas ninguém nunca parou para fazer uma autoanálise: “Como eu votei?”; “Como eu participei da sociedade e do mundo em que estou?”; “Qual é a minha colaboração?”; “Qual é, de fato, a minha inserção no mundo em que vivo?”.

As coisas em casa, de repente, não estão bem, mas não paro para refletir qual é a contribuição que dou ou o que fiz. Primeiro, paro para me defender e me justificar, estou sempre me justificando. Depois, parto para o segundo ponto: “E ele?”; “E o outro?”. E ai o mundo não consegue caminhar na sabedoria, não consegue realmente captar a luz e a direção de Deus para os tempos em que vivemos.

O primeiro que devo olhar e analisar sou eu mesmo, a primeira atitude é voltada sempre para mim. Quando sei usar dessa sabedoria, evangelicamente, vou ter de Deus a direção para ver as outras coisas da vida, onde devo ir, como devo agir e entender, sobretudo, os tempos em que vivemos. Tempos críticos, difíceis, complicados, mas outros tempos na história da humanidade não foram diferentes. Lá atrás, houve quem teve sabedoria, houve quem soube escutar a Deus, quem se retirou para estar com Ele e deixar ser conduzido.

Que não falte essa sabedoria nos tempos em que vivemos, para buscarmos de Deus a direção para o nosso viver a cada dia.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Sacerdote da Comunidade Canção Nova,



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA