Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

Tudo azul para os homens!

Terça, 17 de novembro de 2015

 

Após toda mobilização realizada no mês de Outubro, através do movimento “Outubro Rosa”, para conscientização e prevenção do Câncer de Mama, há em Novembro outro movimento que vem crescendo em importância e adesão.

O “Novembro Azul”, movimento surgido na Austrália em 2003, visa conscientizar a população, em especial os homens, a respeito das doenças masculinas, com ênfase na prevenção e diagnóstico precoce do Câncer de Próstata.

O objetivo principal, além da conscientização em relação ao Câncer de próstata, é quebrar o preconceito masculino de ir ao médico, e quando necessário, fazer o exame de toque retal. Essa proposta é de extrema importância, visto que a taxa de mortalidade do Câncer de próstata aumenta quanto mais tarde for detectada a doença.

A próstata é uma glândula que faz parte do aparelho reprodutor masculino. Tem a forma e o tamanho semelhante a uma castanha, e se localiza logo abaixo da bexiga. Sua principal função é secretar um fluido que, juntamente com os espermatozoides, constitui o sêmen.

O Câncer de Próstata é o sexto tipo de câncer mais comum no mundo e o mais prevalente nos homens, representando cerca de 10% do total dos cânceres. É o 2° câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás somente do câncer de pele. Estatísticas apontam que, a cada seis homens, um é portador de Câncer de Próstata. A estimativa é que, em 2015, cerca de 70 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, é descoberto um caso de Câncer de Próstata a cada 8 minutos. Em 2013, houve mais de 13 mil mortes no Brasil por esta doença.     

Listo a seguir as dúvidas mais frequentes:

- Quais os fatores de risco para o Câncer de Próstata?

Existem alguns fatores de risco, entre eles: predisposição genética; idade (62% dos casos são de homens a partir dos 65 anos); histórico familiar; raça (maior incidência entre os negros); sedentarismo; obesidade;

- Quais os sintomas?

Na fase inicial, os pacientes não apresentam sintomas. Grande parte dos pacientes permanecerá assintomática ou terão sintomas urinários (dificuldade para urinar e aumento da frequência urinária), posteriormente podendo evoluir para quadro de obstrução urinária, dor no reto ou nos ossos, fraqueza e desânimo.

- Como se faz o diagnóstico?

O diagnóstico definitivo é feito através de biópsia. Porém, só será submetido ao ultrassom da próstata com biópsia os pacientes que tiverem alteração nos exames de triagem, que são o toque retal e a dosagem de PSA no sangue.

- Pode ser feito somente a dosagem do PSA no sangue?

Não. Cerca de 10-20% dos casos não são detectados pela dosagem do PSA no sangue. O exame de toque e o PSA são complementares.

- Devo fazer o toque retal somente se o exame de sangue vier alterado?

Não. Devem ser feitos sempre os dois exames juntos. A realização de um não dispensa a realização do outro.

- Quanto tempo demora o exame de toque retal?

De cinco a dez segundos.

- Se o exame de PSA no sangue vier alterado, quer dizer que o homem tem câncer de próstata?

Não, existem outras situações que podem alterar o PSA, tais como inflamação/aumento da próstata, infecção urinária, toque retal recente, relação sexual recente, ciclistas, pacientes com sonda na bexiga.

- Como é feito o tratamento do Câncer de Próstata?

O tratamento é feito através de cirurgia. A radioterapia é também uma opção de tratamento.

- Existe alguma forma de prevenir o Câncer de próstata?

Evitar a doença, não. Mas é possível detectá-la precocemente, quando as chances de cura são de cerca de 90%.

- A partir de que idade o homem deve consultar com o urologista?

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que homens a partir dos 50 anos procurem o urologista para avaliação. Aqueles com maior risco da doença, devem consultar anualmente a partir dos 45 anos. Recomenda-se uma consulta ao redor dos 45 anos, para discutir cada caso. A consulta deve ser uma rotina, e não somente quando houver algum sintoma. Depois do aparecimento dos sintomas, mais de 95% dos casos já se encontram em fase avançada. Por isso, é de extrema importância o exame regular através do toque retal e a dosagem do PSA.

Rápido, acessível, previne muito sofrimento e até a morte. Então, caros amigos, deixem o preconceito de lado, e realizem o exame que pode salvar sua vida.

Grande abraço a todos, e até a próxima semana!



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2020 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA