Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
Facebook Jornal Evolução       (47) 3059-1228       Whatsapp Jornal Evolução (47) 99660-9995       E-mail

José Kormann, Dr (A História da Câmara de São Bento do Sul - No Contexto do Brasil)


Dr. José Kormann (A História da Câmara de São Bento do Sul)

Historiador



Veja mais colunas de José Kormann, Dr (A História da Câmara de São Bento do Sul - No Contexto do Brasil)

Capítulo – II A CÂMARA DE SÃO BENTO DO SUL NO BRASIL IMPERIAL 30/01/1884 a 15/11/1889

Quinta, 02 de julho de 2015

 

 

O Brasil Imperial (1822 a 1889)

O Brasil independente nasceu sob a luz do Império Brasileiro e nele viveu, em números redondos, por 67 anos, Ora, São Bento do Sul foi fundado em 1873 e se tornou município separado de Joinville em 1883, dando tempo a ter um poder legislativo imperial, em seu município, por cinco anos, já que sua posse deu-se apenas no ano seguinte, 1884. Foi apenas uma legislatura. A primeira de São Bento do Sul. Nasceu, assim, a política municipal desta terra. Política muito conturbada em seus primeiros tempos, cheia de brigas, disputas e até de assassinatos, como ainda veremos.

Os vereadores, dessa época e ainda nos primeiros anos da República, eram chamados de Conselheiros Municipais e não vereadores como hoje são chamados e eram eles que, por via indireta, elegiam o prefeito de seu município. Coube, dessa forma, a estes primeiros edis são-bentenses organizarem o poder municipal em sua forma legislativa e executiva e, com certas dificuldades o conseguiram fazer.

 

Partidos Políticos

Durante todo Império o Brasil teve apenas dois partidos políticos realmente preponderantes: o Liberal e o Conservador. São Bento do Sul também permaneceu nesta linha e, de certa forma, até hoje ainda assim permanece; pois a História, numa definição lúdica, pode ser dita como a sucessão dos sucessos sucedidos sucessivamente. E assim chegamos até aqui: politicamente “tudo como dantes no quartel de Abrantes”, apenas num mundo moderno, tecnicamente.

Mas algo de curioso acontecia no Brasil daquele tempo e no brasileiro São Bento do Sul também: geralmente os liberais faziam as reformas conservadoras e os conservadores praticavam os atos liberais. É só examinar corretamente a História e verificar este fato.

Outra curiosidade: em São Bento do Sul os conservadores eram os imigrantes, em sua grande maioria, e até por isso mesmo que eles eram antirrepublicanos; já os de descendência lusa, os caboclos como eram chamados, compunham os liberais. Assim o Partido Conservador passou a ser chamado de alemão e o Partido Liberal passou a ser chamado de caboclo. Até nisso, ainda hoje, temos algo de semelhante em São Bento do Sul.

 

Primeira eleição são-bentense

A 28 de outubro de 1883 realizou-se, em São Bento do Sul, a primeira eleição para a escolha dos primeiros vereadores, os então chamados conselheiros. São Bento do Sul possuía naquele tempo apenas 20 eleitores regularmente inscritos na neomunicipalidade, embora na eleição de Joinville tivessem votado 51. Contudo, estas eleições foram anuladas por suspeita de fraude.

Dia 24 de dezembro do mesmo ano, véspera de natal, fez-se nova eleição e foram eleitos os seguintes vereadores: Francisco Bueno Franco, Augusto Henning, Pedro Teixeira de Freitas, Benedito Teixeira, Felipe Maria Wolff, João Filgueiras de Camargo e João Antônio da Rocha; para suplente ficou Adolfo Thomsen.

 

Sete curiosidades

1. Estes vereadores trabalhavam sem remuneração e em caso de falta, sem justificativa prévia, pagavam multa de cinco mil réis. Estas justificativas só eram aceitas se se tratasse de doença ou viagem inadiável.

2. Segundo as lei vigentes cabia aos vereadores elegerem o superintendente do município, ou seja, o prefeito. Para esse cargo esta primeira Câmara são-bentense elegeu Francisco Bueno Franco que assim foi primeiro prefeito de São Bento do Sul de 1884 até 1887. Assim, segundo as leis de então, o superintende (prefeito) ocupava dois cargos: o de presidente da Câmara e o de Prefeito.

3. Como para o novíssimo município ainda não existia a lei orgânica, espécie de constituição municipal, naqueles idos chamado de Código de Postura, serviu-se São Bento do Sul da lei de Joinville. Esta lei de para São Bento do Sul foi aprovada em a 16/10/1888,

4. Como já vimos, no Brasil Império, na prática, havia só dois partidos políticos: o Liberal e o Conservador. Em São Bento do Sul o partido Liberal foi chamado de Caboclo e o Conservador de Alemão. Desta primeira eleição de sete vereadores apenas dois eram de origem germânica e cinco de origem lusa, ou seja, cabocla. O primeiro prefeito de São Bento do Sul, que igualmente foi o primeiro de Campo Alegre, também foi de origem cabocla. É por isso que se dizia: “Em terra de alemão, quem manda é o caboclo”.

5. O vereador João Figueiras de Camargo, caboclo, e grande benfeitor de São Bento do Sul, como mais além veremos, encrencado com Francisco Bueno Franco, passou-se para o partido Alemão que assim ficou com três vereadores contra quatro. Mais além nesta história, veremos que ele foi assassinado como “sendo amigo dos alemão(sic) de merda”.

6. Logo no início aconteceu a rixa entre Felipe Maria Wolf e Francisco Bueno Franco que alegou ilegalidade na eleição de Wolff e o demitiu. Felipe Maria Wolff recorreu ao judiciário de Joinville e foi readmitido. Wolff, em anexo a seu hospital e residência, atual museu, estabeleceu uma tipografia e passou a publicar seu jornal Legalidade em alemão e português, além de livros pitorescos e violentos. Quase tudo isso se perdeu ou, propositalmente, foi perdido.

7. A 18/03/1897 foi criado o município de Campo Alegre e seu primeiro prefeito foi Francisco Bueno Franco que também foi o primeiro prefeito de São Bento do Sul.

 

Atos do governo desse período

1. Em 1877 desceu de São Bento do Sul a Joinville a primeira carroça carregada de erva-mate. Estava assim inaugurada a Estrada Dona Francisca e começou o grande comércio de erva-mate e madeira do planalto para a planície e de produtos da planície para o planalto. Entraram em ação os sãobentowagen (carroças de São Bento) que ficaram tão célebres. Chegou a existir o Sindicato dos Carroceiros Unidos que congregou mais de mil carroceiros da região.

2. Este governo municipal conseguiu boas sementes para o início da agricultura o que, nesses idos, não era tão fácil conseguir. Começou dessa forma a tecnificação da lavoura.

3. Em janeiro 1884 o vereador Augusto Henning pôs em ação a primeira serraria a vapor de São Bento do Sul. Era o progresso em moldes de tecnologia avançada que estava começando.

4. Em janeiro de 1884 o Conde d’Eu, Gastão de Orleans, esposo da Princesa Isabel, herdeira do trono brasileiro, visitou São Bento do Sul por entre grandes festejos para aquela época e isto levantou muito a verve moral do município.

5. Em 08/06/1885 foi instalado o fórum civil em São Bento do Sul e nele atendia, de tempos em tempos, o juiz de Joinville.

6. Em 1887 Francisco Bueno Franco afastou-se do cargo para assumir a função de juiz de paz e o médico Felipe Maria Wolff passou a ocupar a presidência da Câmara e a Intendência da Prefeitura, tornando-se o segundo prefeito de São Bento do Sul. Adolfo Thomsen, o suplente, tornou-se vereador.

7. Por essa época houve muitas agitações entre os partidos Liberal e Conservador em todo Estado de Santa Catarina e, é claro, em São Bento do Sul também. Assim por entre esses dois partidos brigados, crescia livre o Partido Republicano, igualmente em São Bento do Sul.

8. Também o Clube Abolicionista agitava as ruas. No atual São Bento do Sul nunca houve escravos, em Campo Alegre, que então fazia parte de São Bento do Sul, alguns fazendeiros possuíam escravos, mas que pela ação do Clube Abolicionista foram sendo libertados.

9. Dia 19/10/1886 foram realizadas eleições para escolher a nova Câmara, mas – sob acusação de fraude – mais uma vez, foram anuladas e assim a antiga Câmara continuou até 12/10/1888 quando, então, se elegeu a nova Câmara que escolheu o novo prefeito.

 

Obs.:   1. Fotos, muitas, só no livro a ser publicado provavelmente ainda este ano.

         2. Há quem perguntou se aceitaríamos colaborações; é claro e com prazer.



Comente






Conteúdo relacionado



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade


Inicial  |  Parceiros  |  Notícias  |  Colunistas  |  Sobre nós  |  Contato  | 

Contato
Fone: (47) 3059-1228
Celular / Whatsapp: (47) 99660-9995
E-mail: contatojornalevolucao.com.br



© Copyright 2021 - Jornal Evolução Notícias de Santa Catarina
by SAMUCA