Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Apresentação do projeto Presença é neste sábado, no Pavilhão

Projeto de criação de bonecos de pano visa chamar a atenção da sociedade para a segurança das crianças

Quarta, 16 de outubro de 2019 13:15

 

 

A criação de bonecos de pano que chamem a atenção da sociedade para a segurança das crianças é o objetivo principal do projeto Presença. Elaborados pelas próprias crianças, com apoio de pais e professores, eles simbolizam a brincadeira, a criatividade, o lúdico, sem excesso de consumo. Em Rio Negrinho, o lançamento do projeto ocorre neste sábado (26), das 8h às 12h, no Pavilhão dos Imigrantes, com coordenação da Secretaria de Educação.

 

O projeto chegou em Rio Negrinho final de ano passado, quando a Chefe de Divisão do Departamento de Educação Infantil, Maria Simone Cordeiro Tenchina recebeu um boneco da Coordenadora Geral de Ensino Cléa Fiamoncini. Interessada no tema, Maria Simone buscou mais informações sobre o projeto. “Os bonecos Duda e Dodô, não são apenas bonecos ou brinquedos. São mensageiros da paz, trazendo amor, carinho, alegria, encantamento e resgatando as questões sociais e os direitos das crianças, além do conteúdo cultural”, explica Maria Simone.

 

Em abril deste ano, o projeto teve início na Secretaria de Educação de Rio Negrinho, com a divulgação e apresentação do projeto nas escolas (pré-escola e 1º ano do ensino fundamental) e apresentação dos bonecos. As crianças do pré-escolar e 1º ano do fundamental produziram o desenho do personagem que desejavam como “mensageiro da paz” e depois, com a ajuda dos familiares e professores, começam as confecções desse personagem, que ganharam inclusive certidão de nascimento e identidade.

 

O projeto

O “Presença” é um projeto que, por meio da criação e distribuição de bonecos de pano em espaços públicos, tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para os direitos das crianças, sendo os primeiros bonecos de pano ‒ Duda e Dodô ‒ denominados como “embaixadores da paz”.

 

O movimento iniciou em 2012, em Salvador, criado pelo comitê gestor do Polo Bahia da RedSolare Brasil ‒‒ com a liderança da educadora Marilia Dourado ‒– com o nome “Ausência Gera Violência. Marque Presença!” e se fortalece há dois anos como movimento voluntário organizado com a contribuição de crianças, educadores, famílias, escolas e outras instituições. A mobilização se estende por 23 cidades do Brasil e busca envolver cada vez mais, além de ganhar repercussão no mundo. 

 

Em Rio Negrinho, além da apresentação do projeto à comunidade neste sábado, haverá diversas atrações pedagógicas culturais (dança, teatro musical, contação de história) e oficina para confecção dos personagens. “É um prazer imenso poder contribuir e pensar nos direitos da criança através desse projeto lindo, e fico emocionada em ver as crianças participando. Nós queremos que, quem for receber o boneco, também receba o amor, carinho e encantamento que esse boneco traz de outras crianças”, declara Maria Simone. 

 

A Secretaria de Educação, agradece aos parceiros que possibilitaram a mobilização desse projeto em Rio Negrinho.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:








Anuncie Aqui
AS MAIS LIDAS

   Ewaldo Fürst
 
  Hamilton dos Santos
 
  PM de SBS atende ocorrência de Roubo Tentado, Porte de arma branca, Desobediência
 
  São Bento do Sul - Panettone solidário, ação do Rotary Cidade dos Móveis tem destino
O Rotary Club de São Bento do Sul - Cidade dos Móveis, filiado ao Distrito 4652, lança o projeto Panettone Solidário
 
  Redução do ICMS sobre combustível dos aviões em SP viabiliza mais 46 voos para Santa Catarina
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
50589683 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA