Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Dia das Crianças: educação financeira gera consciência e economia



Quinta, 10 de outubro de 2019 00:00

O Dia das Crianças se aproxima e o planejamento antecipado para datas comemorativas como essa é o melhor caminho, seja para fazer pesquisas, ter mais tempo para guardar dinheiro para os presentes e até mesmo para começar a educar financeiramente as crianças.

Sabemos que toda criança, por menos consumista que ela possa ser, adora ganhar presentes, especialmente no Dia das Crianças, e sabemos também que quanto mais essa data se aproxima, mais aumentam os preços dos brinquedos e outros itens voltados para a criançada. A grande vantagem nos últimos anos é o crescimento da concorrência, principalmente nas lojas virtuais, que oferecem a comodidade de fazer diversas pesquisas em um único dia e encontrar valores mais em conta, pechinchando descontos.

Mas antes de me aprofundar mais sobre economia nos presentes, acredito que essa é uma boa oportunidade para falar também em educação financeira para as crianças, ou seja, aproveitar essa ocasião em especial para começar a mudar os hábitos e comportamentos não só das crianças, mas da família toda, em relação ao dinheiro.

Educação financeira nas escolas

A obrigatoriedade de incluir a educação financeira nas escolas, através de normas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), foi um passo importante para que a realidade financeira do país comece a mudar. A partir de 2020 o ensino será obrigatório de forma transversal nas salas de aula e escolas de todo o país já aplicam o tema com muito sucesso entre alunos e famílias. 

Felizmente, hoje já são cerca de 300 mil crianças e jovens de todo o Brasil estão sendo educadas financeiramente pelo Programa DSOP Educação Financeira nas Escolas. Os materiais já são utilizados em mais de 115 cidades de 20 estados brasileiros.

Educando financeiramente em casa

É fato que as crianças fazem essa troca de ensinamentos vindos tanto da escola quanto de casa, portanto mesmo que a escola dos seus filhos ainda não aplique a educação financeira na grade currícular, por que não começar esse trabalho em casa?

Um presente que pode vir junto ao brinquedo que a criança pediu é justamente os cofrinhos, assim se inicia o processo de estimular a criança a poupar para realizar os seus sonhos, sejam eles de curto, médio ou longo prazo. Explique a importância de cada um deles, mas que para realizá-los é preciso um pouco de paciência e certos esforços e, no caso de sonhos materiais, saber exatamente quanto eles custam e o quanto será necessário poupar para conseguí-los.

Reforço que isso não impede de que se compre algo que a criança queira, desde que caiba no orçamento, claro. Portanto busque conversar para que ela entenda o valor daquele presente, não monetário, mas sim do esforço para conseguí-lo, assim as chances dela cuidar melhor desse item são muito maiores. Dê o exemplo dentro de casa, pois isso facilita o entendimento e reflete no comportamento dela no futuro.

Como economizar? 

Após feito todo esse trabalho de inserir a educação financeira aos poucos na vida das crianças, você deve estar se perguntando: “Certo, mas ainda quero presentear. Como posso gastar menos?” Portanto para quem quer economizar de verdade no Dia das Crianças, apresento 5 orientações abaixo:

1 - Planeje-se

Essa é uma data que se repete todo ano, então, é possível incluir essa previsão de gasto já no planejamento, para conseguir escolher o presente com antecedência e se programar, pesquisando o melhor preço e pagando à vista. Não é tão difícil assim!

2 - Pesquise em vários lugares

Muitas vezes, o mesmo produto pode estar bem mais barato em outro lugar. Isso acontece muito na internet, afinal, as lojas possuem mais condições de fazer ofertas. Procure em, pelo menos, três sites, veja o valor à vista e parcelado, quanto cobra de frete, enfim. Se tiver tempo, veja também em lojas físicas, especialmente as de bairro, que conseguem praticar um preço mais em conta.

3 - Realize um sonho

Mais importante do que dar algo que a criança possa gostar é dar algo que ela realmente sonha, realizar alguma vontade, enfim, algo mais expressivo do que um desejo pontual. Assim, não será só o valor financeiro que contará, mas sim o sentimental, que é difícil precificar. Só vemos vantagem!

4 - Una os familiares

Se os tios e avós também forem presentear as crianças, juntem-se para dar um único presente mais expressivo. Às vezes, elas vão preferir isso a vários presentes menores e não tão significativos e, para os adultos, pode sair mais barato para cada um.

5 - Negocie

Depois de todos esses passos, chegou o momento de comprar, e é nessa hora que muita gente não pratica algo que pode ajudar muito a economizar: negociar. Há pessoas que têm vergonha, acham que estão sendo pedintes ou que é uma atitude “feia”, mas isso faz parte da prática de mercado, é normal e pode render bons descontos.

Lembrando que o importante mesmo é estar junto das crianças, brincar, passear, enfim, colecionar experiências no dia a dia. Portanto, se a situação financeira estiver muito complicada e o presente que tanto queria dar não poderá acontecer, tente explicar à criança (caso ela já tenha certa idade para compreenda) e decidam juntos outro presente que caiba no orçamento.

É com muita conversa, sinceridade e respeito ao padrão de vida que as pessoas evoluem e ajudam a formar uma sociedade mais consciente, sustentável e realizada. E, para que isso não se repita no ano que vem, coloque em prática a primeira orientação: planejamento! Agindo assim, você vai ver que é possível realizar muito mais sem perder a saúde financeira.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  São Bento do Sul - Cronograma de matrículas e rematrículas nas escolas municipais
A Secretaria de Educação divulgou nesta quarta-feira (16), o cronograma de rematrículas e matrículas novas da rede municipal de ensino para o ano letivo de 2020.
 
  A nossa conversão é o grande sinal da presença de Deus
 
  Dia 19 de outubro Dia D de vacinação
Rotary Club São Bento do Sul – Serra Alta realiza o Dia D, a ação acontece no CEU das Artes e na Praça João Roesler, das 9 às 13 horas
 
  Celesc abre seletiva para projetos das áreas de Cultura & Esporte e de Pesquisa & Desenvolvimento
 
  Parquímetros serão reinstalados na Avenida Nereu Ramos
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
49772448 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA