Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Começa a campanha de vacinação contra o sarampo em Jaraguá do Sul



Segunda, 07 de outubro de 2019 17:12

 

Clique para ampliar
 

A chuvosa manhã desta segunda-feira (7), marcou o início da campanha do sarampo em Jaraguá do Sul. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para a cidade é vacinar, num primeiro momento, 3674 crianças na faixa etária entre seis meses de cinco anos. Já a segunda fase ocorrerá no período de 18 a 30 de novembro (que também será o dia D) e terá como público-alvo pessoas na faixa etária de 20 a 29 anos de idade;
O movimento na Central de Vacinação da Unidade Básica de Saúde na Rua Reinoldo Rau, Centro, ainda estava baixo na manhã do primeiro dia da campanha, mas a expectativa da coordenação é isto mude ao longo das próximas duas semanas. Melhor para o casal André e Marcineia da Silva Schneider, que aproveitou justamente o baixo movimento para vacinar sua filha, Analu da Silva Schneider, de pouco mais de um ano. “Vacinação não só do sarampo é muito importante para nossos filhos, para garantir a saúde deles”, disse André enquanto distraia a pequena na sala de espera.
Em Jaraguá do Sul, a Secretaria de Saúde disponibilizará as doses em todas as Unidades Básicas de Saúde com Sala de Vacinas durante o expediente de cada uma. Além disso, nas duas primeiras semanas da primeira fase da campanha, a Unidade Central de Imunização (na Rua Reinoldo Rau) adotará horário estendido até as 19 horas para facilitar o acesso à vacina.
Já para os moradores do Santo Estêvão e do Rio Cerro II, a vacinação será concentrada na UBS da Barra. Também haverá uma equipe da Secretaria de Saúde realizando vacinação contra o sarampo e febre amarela durante o evento Viva Mais Jaraguá, agendado para o próximo dia 12, na Arena. É obrigatória a apresentação da carteira de vacina – seja nas unidades de saúde ou na Arena – para sua verificação e atualização.
Conforme argumento do Ministério da Saúde, a vacinação de forma seletiva é uma estratégia diferenciada para interromper a circulação do vírus do sarampo no País, onde foram confirmados 10.330 casos em 2018. Desse total, a maior concentração ocorreu entre junho e agosto, com destaque pra julho, com 3.950 casos, o que equivale a 38,2%. Já este ano, no período de janeiro a setembro, houve a confirmação de 3.729 casos, apresentando o mesmo comportamento epidemiológico com menor número de registros de casos confirmados do que no ano passado.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  Quanto custa o mundo? Como escolher em que país morar?
 
  Sul tem mínima de 9ºC nesta sexta (17)
 
   Feira Inédita no Planalto Norte Catarinense
 
  Polícia Militar de Santa Catarina recebe robô antibomba do Governo Federal
 
  Homens preso na área central de São Bento do Sul por furto de objetos
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
53090433 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2020 Jornal Evolução
by SAMUCA