Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Busquemos a vida eterna todos os dias



Segunda, 19 de agosto de 2019 08:15

 

“Alguém se aproximou de Jesus e disse: ‘Mestre, que devo fazer de bom para possuir a vida eterna?’” (Mateus 19,16).

 

É a vida eterna que Deus nos trouxe, é a vida eterna que devemos buscar e lutar a cada dia de nossa vida. É importante dizer que vida eterna não é a vida após a morte. A vida eterna é a vida de Deus em nós.

Entramos na eternidade quando permitimos que a graça de Deus entre em nós e nós entramos na lógica e na dinâmica do Reino de Deus. O que devemos fazer para entrar nesta vida? O que devemos fazer para que a vida eterna esteja em nós e estejamos caminhando para ela?

Ora, a primeira, a essencial e a mais importante de todas as coisas é observar os mandamentos. “Se queres entrar na vida em Deus observa os mandamentos”. Muitos de nós não estamos tendo vida em Deus, porque estamos negligenciando os mandamentos divinos ou estamos tratando os mandamentos como coisa simplória, coisa de criança, de catequese.

Olhemos o mundo pagão em que nós estamos, olhemos a humanidade que diviniza a si mesma e deixa Deus de escanteio. No nosso coração, precisamos amar a Deus sobre todas as coisas. Amar a Deus mais do que o nosso celular, mais do que o nosso trabalho, amar a Deus sobre tudo aquilo que realizamos, sem nenhum fanatismo, vivendo cada coisa no seu lugar, mas sempre colocando Deus em primeiro lugar, honrando-O com o trabalho, com aquilo que fazemos e onde estamos.

Viver os mandamentos é a grande graça, pois eles precisam ser espelho para a nossa vida. Precisamos examinar a nossa consciência, os nossos atos, as nossas atitudes a partir da graça de Deus em nós e dos mandamentos que Ele nos deu.

Quando vivemos os mandamentos da Lei de Deus com toda a intensidade do nosso coração, vamos nos tornando desapegados, despojados e caminhamos em busca da perfeição, porque não basta ser bom, é preciso buscar ser muito bom, é preciso buscar a perfeição.

Acostuma-nos com a mediocridade. “Como está a vida? Mais ou menos. Como está a graça? Sempre mais ou menos”. Deus não nos quer mais ou menos. É preciso um trabalho interior para progredir na graça e na fé. Se estamos parados nos mandamentos, vamos progredir nos mandamentos. O passo definitivo para que a graça de Deus esteja em nós é o despojamento.

Veja: os mandamentos são o primeiro passo, mas o despojamento é o segundo. E despojar quer dizer ser livre das coisas e dos bens. Jesus está dando um conselho: “Para ser perfeito, vai e vende”. Aquilo que não nos desfizermos na vida, a vida vai desfazer de nós, nem que seja com a morte, porque dessa vida não levamos nada.

Só entra na eternidade quem não se apegou a nada nessa vida. Podemos até possuir os bens, mas não levamos nem uma agulha que guardamos em nossa gaveta. Ser de Deus é ser livre para amá-Lo acima de tudo e de todos.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:








Anuncie Aqui
AS MAIS LIDAS

  Doença Falciforme é o segundo maior problema de saúde pública do mundo, afirma especialista
Apesar de ser bastante comum, há muita desinformação sobre a condição
 
   Ewaldo Fürst
 
  PM de SBS atende ocorrência de Roubo Tentado, Porte de arma branca, Desobediência
 
  Hamilton dos Santos
 
  Tenhamos zelo pela casa do Senhor
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
50546986 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA