Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Corredor Elétrico da Celesc vence 20º Prêmio Fritz Müller

Projeto desenvolvido em parceria com a Fundação Certi leva a categoria Controle da Poluição Atmosférica na edição com recorde de projetos inscritos

Quinta, 08 de novembro de 2018 19:58

Na última terça-feira, 06/11, a Celesc foi uma das instituições que recebeu o 20º prêmio Fritz Müller, durante solenidade na Fiesc, em Florianópolis. Concedido pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), este é o principal reconhecimento ambiental do estado destinado a empresas públicas e privadas que desenvolvam projetos e iniciativas que vão além da legislação ambiental e resultam em benefícios para a conservação do meio ambiente.  

 

Este ano a distribuidora catarinense venceu a categoria Controle da Poluição Atmosférica pela instalação do maior corredor elétrico em operação no Brasil, projeto que desenvolve em parceria com a Fundação Certi. Veículos elétricos reduzem a emissão de gases poluentes, já que utilizam a chamada energia limpa, ou seja, renovável, como a elétrica. “Mesmo que sejam utilizadas usinas termoelétricas para gerar a energia que irá carregar os veículos, elas emitem menos CO2 que um veículo movido por motor à combustão. A Celesc incentiva a inserção de fontes renováveis de energia e a mobilidade elétrica, mas para torná-la uma realidade é preciso iniciar esse processo. Por isso, a Empresa vem desenvolvendo essa estrutura inicial de recarga”, explica o gerente do projeto, Thiago Jeremias.

 

O chefe do departamento de Eficiência Energética da Celesc, Marco Aurélio Gianesini, complementa que entre as ações propostas estão estratégias como o gerenciamento energético avançado e o armazenamento de energia, contribuindo para o setor elétrico nacional. Até o momento, a recarga de veículos elétricos nos estabelecimentos parceiros do projeto ocorre de forma gratuita, porém, está em estudo a implantação de um modelo de negócio. “Nossa intenção é estudar formas de otimizar o uso de energia, reduzir os custos de operação, identificar os impactos dos carregamentos de veículos elétricos na rede e projetar soluções para quando essa tecnologia for utilizada em larga escala”, explica.

 

Recorde de Inscrições

O tradicional Prêmio Fritz Müller recebeu nesta 20ª edição 124 projetos inscritos de 85 organizações catarinenses. O recorde histórico representa um crescimento de 77% em relação ao ano passado.

 

O prêmio leva o nome do naturalista, botânico e professor alemão Johann Freidrich Theodor Müller, primeiro cientista a apresentar modelos matemáticos e provas contundentes da seleção natural, que viveu por 45 anos em Blumenau. Fritz Müller foi chamado de Príncipe dos Observadores pelo aclamado cientista Charles Darwin (autor da obra A Origem das Espécies) e, ao falecer na cidade do Vale do Itajaí, em 1897, deixou grande obra naturalística que contribuiu para fundamentar e enriquecer a Teoria da Evolução das Espécies, projetando o Brasil no cenário da ciência européia.

 

Crédito das fotos: Mafalda Press

 


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  O Reino de Deus acontece na vida daquele que se rende a Jesus
 
  Ministro da Educação participa do lançamento do Projeto Sirius, um acelerador de elétrons
 
  Sete em cada 10 pequenos empreendedores acreditam que 2019 será melhor para os negócios
Pesquisa feita pelo Sebrae com mais de 5,8 mil empresários aponta que a corrupção foi um dos principais fatores que prejudicaram seus negócios em 2018
 
  TRE-SC terá plantão durante feriado (15) e expediente normal na sexta-feira (16)
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
39099609 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2018 Jornal Evolução
by SAMUCA