Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Rio Negrinho - Educação desenvolve curso de informática para terceira idade



Sexta, 14 de setembro de 2018 09:31

 Clique para ampliar
 As aulas são realizadas semanalmente em computadores e tablets cedidos pela unidade

 

“Esse jogo de paciência é muito difícil, prefiro mais o da canastra”, comenta Leticia Maros, de 63 anos, enquanto espera mais uma aula de informática para a terceira idade. Rodeada por mais três idosas, elas não se intimidam com telas e cliques: são alunas de uma oficina que ensina os mais velhos a usar computadores e tablets. A ação é desenvolvida pela Prefeitura de Rio Negrinho, através da Secretaria de Educação, e vem conquistando a comunidade por seu estímulo ao raciocínio, a atenção, o equilíbrio e respeito as limitações de cada um. E já nesta primeira edição reuniu duas turmas contando, ao todo, com 26 participantes.

Apesar de serem vistas como atividades comuns dos mais jovens, o uso de aplicativos ou redes sociais tem sido, cada vez mais, interesse dos mais velhos. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas 24,7% dos idosos têm acesso à internet, mas eles estão cada vez mais buscando capacitação para não ficar de fora dos aplicativos de conversa, redes sociais e todas as outras possibilidades que a web oferece.

Ministrado nas instalações do Centro de Excelência Evaristo Stoeberl todas as segundas e quarta-feiras, a oficina foi voltada aos grupos de terceira idade que são coordenados pela Secretaria de Assistência Social. Nesta primeira edição, conta com aplicação de 10 aulas com alunos dos bairros Vila Nova, Centro e Barro Preto. “De início abrimos inscrições para 30 vagas neste ano e que a comunidade aderiu com muita facilidade. O próximo passo é abrir para o ano que vêm para alcançar o maior número de pessoas”, comentou Jardel Denis Berti, diretor de TI que coordena as aulas.

Nas aulas são ensinadas as funções básicas de informática e também introdução aos alunos no mundo da internet, abrindo novas possibilidades para que eles possam estudar, fazer pesquisas e ampliar seus relacionamentos. Durante as aulas os idosos aprendem funções básicas como, por exemplo, ligar e desligar o computador, acessar a calculadora, digitar e editar textos, enviar e receber e-mails, além receberem noções gerais sobre o funcionamento das redes sociais, dentre outras atividades digitais.

A meta também é ampliar a autoestima dos participantes e garantir a inclusão digital. “Nesta faixa etária, é normal as pessoas terem certa resistência em aprender informática, que é algo novo na vida deles. Por isso, nosso desafio maior é fazer com que eles percebam que são capazes de vencer suas próprias barreiras”, ressaltou o diretor. Todo o passo a passo dos alunos é acompanhado de perto pelo professor e como forma de driblar a dificuldade há jogos que ajudam a melhorar a coordenação motora, por exemplo.

São casos como o de Leticia Maros. Que apesar de ter pouco conhecimento tecnológico, passa o tempo livre interagindo nas redes sociais através do celular. O problema, segundo ela, está em aprender no computador. “Esses jovens ensinam tão rápido que não conseguimos acompanhar. Aqui não, o professor tem muita calma”, conta. “Quero aprender a buscar notícias, receitas e até um crochê diferente para que eu possa fazer depois”.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  MENSAGEM DE ANIVERSÁRIO DE 145 DE SÃO BENTO DO SUL
 
  Teste da biometria em São Bento do Sul reafirma segurança do processo eletrônico de votação
 
  Ministério da Educação libera R$ 8,9 milhões para obras emergenciais no Museu Nacional
 
  É #FAKE print de texto que diz que Jean Wyllys foi convidado por Haddad para ser ministro da Educaçã
 
  SANTO DO DIA: São Mateus, apóstolo e evangelista
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
37155679 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2018 Jornal Evolução
by SAMUCA