Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

No dia 18 de maio Mafra se mobilizará no combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolesce



Quarta, 16 de maio de 2018 00:00

 Clique para ampliar
 Mafra novamente se mobiliza para combater o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Neste ano, no dia 18 de maio, sexta-feira, será feito trabalho de conscientização através da distribuição de panfletos na Praça Lauro Müller e na BR-116, junto ao Posto Fiscal, em dois períodos, das 9h30 às 10h30 e das 14h30 às 15h30. O evento está sendo organizado pela equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS.

 

Atualmente em Mafra o CREAS vem acompanhando 59 famílias com crianças e/ou adolescentes, vítimas de algum tipo de violência. Para atendimento dos encaminhamentos conta com uma equipe de profissionais composta por 2 Psicólogas, 1 Assistente Social, 1 Coordenadora, 1 Motorista, 1 Auxiliar de serviços gerais e 2 Estagiárias. O CREAS fica localizado na Rua Tupinambás, nº 100, com atendimentos de segunda-feira a sexta-feira das 8 às 12 horas e das 13h30 às 17 horas.

 

No Brasil

Segundo o Relatório 2017 - Disque Direitos Humanos, contido no Balanço Ouvidoria - Ministério dos Direitos Humanos – o grupo “crianças e adolescentes” teve 84.049 denúncias de violações de direitos humanos via os seguintes canais: Proteja Brasil (5.680), Clique 100 (3.684), Disque 100 (71.748), Ouvidoria online (2.686), ONDH (251). O relatório completo pode ser acessado pelo site: www.mdh.gov.br/disque100/RELATRIOBALANODIGITAL.pdf

 

Por que 18 de maio? A data foi escolhida como dia de mobilização contra a violência sexual porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual. Fonte: www.mdh.gov.br

 

Denuncie: Disque 100

Para proteção das crianças e adolescentes em situação de risco, além da prevenção, é preciso que os casos sejam denunciados. Portanto, em qualquer suspeita de caso de violência sexual infantil, o cidadão deve procurar o conselho tutelar, as delegacias especializadas, as polícias militar, federal ou rodoviária e/ou ligue para o Disque Denúncia Nacional, de número 100.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:








Anuncie Aqui
AS MAIS LIDAS

  Bolshoi de Joinville divulga lista de aprovados na seleção nacional
 
  Aplicação de provas terá quatro fusos horários diferentes
 
  Precisamos cuidar do outro que está ao nosso lado
 
  Mesários já podem obter Declaração de Participação
 
  SANTO DO DIA:São João Paulo II
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
38101153 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2018 Jornal Evolução
by SAMUCA