Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

Prefeitura busca recursos para instalação de cisternas em prédios públicos



Terça, 13 de março de 2018 10:19

 

 

Nas próximas semanas, a Prefeitura de Rio Negrinho dará início à busca de recursos a fundo perdido para implantação de sistemas de cisterna para reaproveitamento da água da chuva nos prédios públicos. A ação deve gerar uma economia anual estimada em R$ 120 mil, além de representar um avanço na sustentabilidade dentro do serviço público.

O projeto para equipar escolas, creches, e os prédios da Prefeitura, da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Educação foi elaborado pela empresa rio-negrinhense Ecourb. A iniciativa partiu do prefeito Julio Ronconi, que objetiva adotar cada vez mais métodos sustentáveis junto à administração pública, reduzindo custos ao mesmo tempo em que otimiza as ações. “Ao aproveitar a água de chuva, a Prefeitura estará dando exemplos de desenvolvimento sustentável, contribuindo para preservar esse que é um recurso fundamental para toda a sociedade”, afirmou o prefeito.

Ainda segundo Julio, com base nos projetos para cada prédio, o objetivo é buscar recursos em organismos nacionais e internacionais de fomento. “Há linhas de crédito que incentivam a adoção de práticas sustentáveis, como a captação da água da chuva. Porém, para se conseguir os valores, é necessário que antes existam os projetos”, ressalta Julio.

Conforme Adriano Veiga, da empresa Ecourb, o custo atual para a implantação do sistema varia de acordo com as características de cada edificação, necessitando investimento de aproximadamente R$ 911 mil para todos prédios, incluindo todo o sistema necessário. Porém, em longo prazo, a economia com água compensa.

Pelo projeto, a água de chuva a ser captada e armazenada nas edificações será destinada a fins não potáveis, tais como irrigação paisagística, descarga de vasos sanitários, sistemas de ar-condicionado, lavagem de pisos, calçadas, pátios, ruas, veículos, mobiliário urbano e equipamentos públicos. Hoje, a maioria desses serviços utiliza água potável fornecida pela Samae.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  MENSAGEM DE ANIVERSÁRIO DE 145 DE SÃO BENTO DO SUL
 
  Teste da biometria em São Bento do Sul reafirma segurança do processo eletrônico de votação
 
  Ministério da Educação libera R$ 8,9 milhões para obras emergenciais no Museu Nacional
 
  É #FAKE print de texto que diz que Jean Wyllys foi convidado por Haddad para ser ministro da Educaçã
 
  SANTO DO DIA: São Mateus, apóstolo e evangelista
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
37150947 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2018 Jornal Evolução
by SAMUCA