Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo

​Projeto Escola no Campo foi ampliado de 2 para 13 escolas do meio rural de Mafra



Sexta, 11 de agosto de 2017 09:24

O Projeto Escola no Campo, que foi desenvolvido no ano passado somente em duas escolas municipais de Mafra, neste ano será estendido para 13 unidades de ensino da área rural.  E para  repassar o material didático dos professores e alunos e explicar os objetivos do projeto, representantes da Cooperativa Bom Jesus reuniram-se no início da semana com diretores das unidades locais.

 

O Projeto Escola no Campo nasceu em 1991 para conscientizar as novas gerações da necessidade de se preservar o meio ambiente. Tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades do campo, através da qualidade na educação, integrando iniciativas de saúde, segurança alimentar, agricultura e outras. Para cumpri-lo, foi desenvolvido um programa didático que é usado nas escolas rurais, contando com a participação ativa dos professores, que inserem os conteúdos educativos do projeto na grade curricular das séries atendidas, ou seja, 5º e 6º anos.

 

Seu principal resultado é o aumento da qualidade nas práticas agrícolas das regiões atendidas e o crescimento da auto-estima dos jovens que vivem nas áreas rurais, a partir do momento em que tomam conhecimento da importância do agricultor na economia do país. O Projeto Escola no Campo é uma parceria entre a Cooperativa Bom Jesus, Syngenta e Fundação Abrinq.

 

Escola no Campo em Mafra

No ano de 2016, o projeto Escola no Campo, teve inicio em duas escolas de Mafra, sendo  EMEB Evaldo Steidel e EMEB  Benemérito Felipe  C. Martins. Para este ano, a Secretaria está ampliando para 13 unidades escolares da área rural. 

 

Segundo informações de Eroni Terezinha Machado, Coordenadora de projetos da Secretaria Municipal de Educação, constatou-se que as ações do projeto desenvolvido em conjunto com os professores e comunidade das unidades participantes, bem como o material disponibilizado pela Abrinq, tem apoiado o processo de ensino aprendizagem. “Com o Escola no Campo, os ensinamentos recebidos por nossos alunos tem continuidade, pois são repassados para suas famílias e para a sociedade em que vivem.  E isso resulta na conscientização também dos adultos sobre os conceitos de agricultura sustentável”, declarou.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:








Anuncie Aqui


AS MAIS LIDAS
Os Guardas do TAJ
 
Dom 21 de janeiro de 2018 - 3º Domingo do Tempo Comum
 
VAGAS DISPONÍVEIS, Sine de Rio Negrinho
 
5 bilionários brasileiros concentram mesma riqueza que metade mais pobre no país, diz estudo
 
NOTA DE FALECIMENTO - DALTIVA DOS SANTOS
 
AFRONTA À CULTURA
 
IPRECAL abre concurso público
 
Obras de pavimentação na rua Amando Rudnick iniciam
 
CÉLIO TELMA
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
30319512 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2018 Jornal Evolução
by SAMUCA