Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo
Cléverson Israel Minikovsky (cleversonminikovsky@yahoo.com.br)

Cléverson Israel Minikovsky (Pensando e Repensado)

Advogado

Filósofo

Jornalista (DRT 3792/SC)


Quem deve ser beatificado e santificado?



Quarta, 10 de fevereiro de 2016 10:45

Em 2015, em todo o mundo, ao menos 78 ambientalistas foram assassinados. A maior parte das mortes se deram na América Latina e no sudeste asiático. E a maioria dos assassinados faziam parte ou de tribos indígenas contrárias a projetos econômicos ou a grupos de tradições caracterizadas, não exatamente alinhadas com a mentalidade ocidental que se tornou mundial pela expressão capitalista da atividade econômica. No livro do Gênesis está escrito para o homem submeter e dominar a natureza. Mas isto passa em primeiro lugar por submeter e dominar a natureza que há em si mesmo. Se o homem é o senhor da criação deve saber que o seu senhorio deve ser exercido de forma ética e responsável. Assim, como da mesma forma a mulher deve ser submetida a seu marido isto não significa que ele deva espancá-la e maltratá-la, muitíssimo pelo contrário. Da mesma forma, na nossa praxe de dominação de natureza devemos colocá-la a nosso favor sem roubar-lhe a virtude e a pura essência dela mesma. Se o papa tem o poder de ligar na terra o que será ligado no céu, o mesmo valendo para o desligamento, sugiro, embora reconheço a nulidade absoluta e a minha insignificância para fazê-lo, que o Vaticano abra processos de investigação biográfica acerca da vida de ambientalistas. Eles são os mártires de nossos dias. E a teologia ensina que mesmo que o martirizado não tenha vida exemplar antes do martírio, o martírio passa por cima de tudo e outorga o laurel da santidade a quem passa por ele. Seria uma forma de avisar os cristãos do mundo inteiro que também os crimes contra a natureza são pecados mortais. Pois privando as gerações posteriores daquilo que nós exaurimos no presente estamos colocando em marcha uma nocividade inquinada de absoluta irreversibilidade. Nenhum mal é tão grande como o que não pode ser desfeito. Se Deus é Pai, e eu assim o reconheço e endosso, seria uma grande ideia ter a natureza como mãe. A virgindade de Maria chama a nossa atenção para não nos descurarmos dos nossos zelos a fim de a natureza enquanto entidade feminina não perca sua pureza e seu véu de incorruptibilidade. Amor ao próximo não é só amor ao ser humano, a natureza, também ela, é nossa mui próxima. O Espírito Santo respeita tanto a natureza que não hesita fazer morada na natureza de nosso próprio ser. A mística franciscana passa por isso: a humildade tem o condão de fazer com que nos dobremos não só ante nosso irmão na necessidade, mas até ante a formiga e o mais desprezível inseto. Toda a criação responde a um chamado. E se a missão de uma larva não passa de sua própria reprodução e parar no abdômen de um pássaro e de um peixe, devemos saber que nós que temos uma missão mais nobre não temos o direito, em nome de nossa missão, de desprezar a sub-missão das criaturas que concorrem conosco neste gigantesco mundo chamado meio ambiente. Que os ambientalistas roguem por nós, enquanto nós mesmos nos calamos diante dos mandos e desmandos dos poderosos.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:










AS MAIS LIDAS

  Filiados que pretendem concorrer às Eleições 2020 devem estar com o cadastro eleitoral regularizado
 
  As dificuldades dos municípios no saneamento
 
  Olga Radoll
 
  SANTO DO DIA:Santo Inácio de Antioquia
 
   Comunicado: Restrição na BR-280 com sentido a Canoinhas-SC
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
49838541 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA