Fale conosco
            
Fale conosco
            
Edições do Jornal:
            


 
 
Indique para um amigo
Cléverson Israel Minikovsky (cleversonminikovsky@yahoo.com.br)

Cléverson Israel Minikovsky (Pensando e Repensado)

Advogado

Filósofo

Jornalista (DRT 3792/SC)


Os admiráveis da América Latina



Quinta, 26 de novembro de 2015 09:12

As pessoas mais admiráveis da América Latina, não tenho a menor dúvida disso, são os pastores. São os mais quentes, os mais convictos, os maiores portadores de esperança. A religião ainda é o lado mais forte do latino-americano. Nós nos deixamos levar muito mais pelo carisma do que pela intelecção, que é a marca dos europeus. O latino-americano não entende e não quer entender a linguagem difícil dos filósofos. Mesmo reconhecendo que somos pequenos quereria dizer que adoro ser latino-americano. Aliás, prefiro ser latino-americano a ser brasileiro. Mas gradativamente vou amando meus compatriotas mesmo que eles não me amem. Em linhas gerais tenho afeição pelo ser humano mesmo sendo alvo de reiteradas rejeições. Seja o Cristo dos católicos ou o Cristo dos evangélicos, é sempre o Cristo e não outro o Redentor dos latino-americanos. O cristianismo é nossa essência. Filosofamos pouco justamente porque não nos colocamos na postura ativa de quem propunha um sistema de ideias como solução, mas desesperados buscamos refúgios na religião cristã. Nossa postura psíquica, portanto, define o modo como pensamos. Não temos a coragem de ser protagonistas, porque, ao contrário das linhas secularizantes, ainda acreditamos que o Grande Ator das majestosas obras e feitos sempre será Deus e ninguém mais. E o espiritualismo gera uma metodologia espiritualista. Se não queremos ser materialistas metafísicos deveríamos sê-lo, no mínimo, em matéria de metodologia. Mas como é difícil separar a sacarose do açúcar! Volta e meia vemos pastores de prestígio aqui em nossa casa fazendo viagens aéreas para pregar nos Estados Unidos e Europa. Ou seja, importamos ciência e tecnologia e exportamos pregação. Esta é a prova de que o mundo não está calcado apenas em centro e periferia do ponto de vista econômico e geopolítico, mas do ponto de vista estritamente espiritual mesmo. Não ficarei nem um pouco assustado se no dia da comunhão dos santos eu vir almas mestiças de espanhóis com índios mais presentes do que as almas louras e de visão anil. Deus ama os símplices. O que nesta vida foi uma dura pena na vida seguinte será galardão. Não há filósofo grego ou alemão que infunda na alma do ser humano um calor tão intenso no peito e uma sensação indescritível da presença de Deus como o fiel faz na casa de oração, lugar de fraternidade, de pão, de peixe, de perdão e de conciliação de todas as vontades e contradições do que a filosofia não deu e nunca dará conta. Quem vê um pastor de pele morena, olhos puxados e cabelo negro profundo liso predicando homilias que abalam o ouvinte pela retórica dos pés à cabeça sabe que ali não está o humano, ali está uma ferramenta sendo usada pelo Paráclito.


Encontrou erro? Encontrou algum erro? Informe-nos, clique aqui.

Veja também:








Anuncie Aqui
AS MAIS LIDAS

  Filiados que pretendem concorrer às Eleições 2020 devem estar com o cadastro eleitoral regularizado
 
  As dificuldades dos municípios no saneamento
 
  Olga Radoll
 
  SANTO DO DIA:Santo Inácio de Antioquia
 
  A verdadeira religião aceita correção e conversão
 

Classificados
Clique aqui e envie seu anúncio gratuitamente.

 
49836877 acesso(s) até o momento.

Inicial   |   Notícias   |   Classificados   |   Colunistas   |   Sobre nós   |   Contato

© Copyright 2019 Jornal Evolução
by SAMUCA